Câmara de Vereadores de Araripina começa o ano com três bancadas

Publicado por
17 janeiro 2017 22h16

 

Foto: Montagem

A sessão na Câmara Municipal que praticamente iniciou os seus trabalhos às 20h de ontem (16) parando lá para 23h, foi frenética e acirrada na incansável luta dos seus representantes (as suas excelências) de apresentar propostas para dar uma cara nova ao Poder Legislativo Municipal que durante os quatros anos passados foi bastante criticado.

23 requerimentos apresentados e aprovados pelo plenário da casa Joaquim Pereira Lima, e muito trabalho para o Poder Executivo que enfrenta os seus primeiros desafios de atender cada solicitação do Legislativo, além de logo em janeiro buscar superar as dificuldades de um ano que principia cheio de lombadas.

Melhor então e devagar com o andor.

O legislativo também inicia os seus trabalhos com uma nova mesa diretora, presidida pelo vereador Evilásio Mateus (PSL), pelo vice-presidente Francisco Edvaldo (PSB), pela primeira secretária Camila Modesto (PMDB) e pelo segundo secretário João Erlan (PDT), e já com três bancadas (uma da situação, uma da oposição e uma independente) definidas para engrossar o caldo do cenário político local.

O vereador Luciano Capitão (PMDB) que certamente já desponta como representante da bancada independente, pode aproveitar a tribuna para se postar como líder. Na bancada da situação o vereador Líder Roseilton Oliveira (PTC) tem a dura missão de se esquivar da artilharia pesada das duas bancadas que já antecipado nos murmúrios do vereador Francisco Edvaldo, que garante que o “jogo virou”, não será uma tarefa nada fácil. Enquanto isso o líder da bancada da oposição João Dias (PSB) faz um discurso paralelo, mas em tom de rebeldia, aprimorando logo de início as armas que irá usar na tribuna da casa para fazer o que em quase quatro anos e meio, não foi capaz.

Realmente as coisas se invertem mesmo na política. É a velha gangorra do poder.

Ontem (16) foi apenas um ensaio do que vem por aí.

Atenção Guerrilheiros!!!

Apontar a estibordo…fogo!

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta