Governo anuncia reajuste da PM em três parcelas até 2018

Publicado por
4 fevereiro 2017 13h34

Reajuste da PM chegará à Alepe na próxima segunda-feira (6)
Foto: Rinaldo Marques/Alepe

PM: soldados terão reajuste de 27,49% e coroneis de 40,19%

Paulo Veras

O governo do Estado divulgou nesta sexta-feira (3) o percentual de reajuste dos policiais militares (PM), que será implantado de forma escalonada e em três parcelas até o final de 2018. O reajuste no soldo para os dois anos varia entre 20,79% e 41,37%, dependendo da patente. Serão incorporados, porém, benefícios como as gratificações de transporte e de defesa civil. A Associação de Cabos e Soldados (ACS) criticou a proposta.

Os maiores aumentos serão para subtenentes (41,37%) e coroneis (40,19%). Soldados terão revisão de 27,49% e passam a ganhar R$ 4.104,88 em dezembro de 2018. Para os cabos, a variação vai ser de 21,73%, com salário de R$ 4.568,80 no final do próximo ano. Para o governo, este é o maior acordo de valorização funcional da história de Pernambuco na hora em que o País passa por uma crise.

A primeira parcela será em maio deste ano. A segunda em abril de 2018. E a última em dezembro do próximo ano. Segundo o Estado, o reajuste representará um acréscimo de R$ 303 milhões na folha de pagamento. O projeto de Lei deve ser encaminhado à Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira (6). O deputado Joel da Harpa (PTN), que representa os PMs no Legislativo, anunciou que votará contra o texto.

CONFIRA OS SALÁRIOS

tabela PM

PRESSÃO DE LADO A LADO

No final do ano passado, os PMs ameaçaram paralisar as atividades, mas optaram por uma operação padrão ante a pressão do governo, que chegou a prender dois líderes do movimento e conseguiu no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) uma multa de R$ 500 mil por dia para as associações.

Em dezembro, 3,5 mil homens das Forças Armadas reforçaram a segurança na Região Metorpolitana. O governador Paulo Câmara disse que a greve não melhoraria as condições de trabalho dos PMs.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta