Lúcia Heráclio, a primeira constituinte

Publicado por
9 março 2017 16h14

Para marcar a passagem do Dia Internacional da Mulher, a Assembleia realizou, ontem, uma Reunião Solene no Plenário do Palácio Joaquim Nabuco. Na cerimônia, foi lançada a agenda comemorativa Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco – Bancada Feminina: 1945-2016. A publicação assinala os dez anos de existência da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e traz os perfis das 29 parlamentares que exerceram e exercem mandato na Alepe. Entre elas, a ex-deputada Lúcia Heráclio, a primeira deputada constituinte do estado.

Além dos perfis, a agenda visita a história da participação política das mulheres, da conquista do voto, do direito de ser candidata a um mandato eletivo, bem como exibe um panorama do acesso aos assentos nas casas legislativas no Brasil. As ex-deputadas Lúcia Heráclio, Rosa Barros, Ana Cavalcanti, Nadegi Queiroz, Beatriz Vidal, Miriam Lacerda e Raquel Lyra compareceram à cerimônia. As demais foram representadas.

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), abriu a Reunião Solene e passou o comando da cerimônia para Priscila Krause (DEM). “Hoje é um dia de comemoração, mas também, um dia de referendar a resistência, que é típica das mulheres, e de garantir cada vez mais espaço para o segmento”, frisou a deputada.

Para Simone Santana, desde a conquista do voto, muita luta tem sido travada para que a população feminina ocupe espaço na esfera política. A parlamentar salientou o papel da Comissão de Defesa da Mulher da Alepe. “É uma conquista que nos coloca como lugar plural e emissor de questões, que vem obtendo destaque dentro e fora da Assembleia. A Casa colabora, assim, para ampliar os espaços de discussão feminina”, observou.

A deputada Teresa Leitão (PT), que também presidiu a Reunião Solene, entregou uma placa comemorativa para a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa, que representou a primeira deputada estadual de Pernambuco, Adalgisa Cavalcanti, do Partido Comunista Brasileiro (PCB). A secretária estadual da Mulher, Sílvia Cordeiro, também esteve presente à cerimônia.

Rosa Barros, representando as ex-parlamentares, agradeceu a iniciativa em nome das demais. Ela afirmou que, ainda hoje, é difícil para a mulher ocupar e se manter nos espaços, numa sociedade tão machista. “Entretanto, não devemos desistir nem querer ser supermulheres, mas fazer nossas escolhas com seriedade e sabedoria, pois o futuro é feminino”, declarou.

Antes do encerramento da solenidade, Teresa Leitão leu um poema tratando das questões femininas, que deixou como reflexão para os convidados.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.