Obama classifica como “cruel” cancelamento de programa para imigrantes: “não fizeram nada de errado”

Publicado por
6 setembro 2017 07h25

O ex-presidente Barack Obama se pronunciou, por meio de sua página no Facebook, após o cancelamento do programa de Ação Diferida para os Chegados na Infância (Daca), que protegia da deportação 800 mil jovens imigrantes e foi criado no seu governo. Segundo o democrata, os prejudicados com a ação de Trump são americanos “nos seus sonhos, suas mentes, em todos os meios, menos no papel”.

De acordo com o ex-presidente americano, nesta terça-feira as “sombras” pairou sobre os melhores e mais brilhantes jovens novamente. “Focar nesses jovens é errado porque eles não fizeram nada de errado. Isso é autodestrutivo porque eles querem começar novos negócios, trabalhar nos nossos laboratórios, servir ao nosso exército, e de outra forma contribuir com o País que amamos”, afirmou.

Obama disse ainda que a decisão do republicano é cruel e questionou para onde se deveria mandar uma criança sonhadora que mora nos EUA. “Para um País onde ela não conhece ou se lembra, com um idioma que ela provavelmente nem fala?”

A decisão de Donald Trump foi anunciada pelo procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, um dos membros do governo do republicano com posições mais duras com relação ao assunto no País.

Confira abaixo o texto completo do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.