Opinião: “Araripina precisa sair da dependência”

Publicado por
5 dezembro 2017 20h26

 

O Serviço de Hemoterapia de Araripina , precisa acompanhar a necessidade e a evoluçäo desse importante serviço que muito salva vidas . Hoje , o município conta apenas com uma Agência Tranfusional , que é uma unidade do Hemope , que resume-se apenas à distribuição de hemocompnentes ( Concentrado de Hemácias , Plasma e Plaquetas ) , o que impede a captação de doadores , ocasionando uma grande perda de sangue para possíveis doações . Os doadores do município precisam se deslocar até a cidade de Ouricuri para se submeterem ao protocolo de captaçāo ( doação ) , o que poderia ser feito em nosso município , considerando a grande população , e a capacidade de Araripina de atender também a outros municípios , e considerando a perda na produção de hemocomponentes .

Por maior que seja o estoque de sangue , nunca é suficiente , tendo em vista que alguns pacientes precisam ser politransfundidos , e outros apresentam incompatibilidade , às vezes ,  por motivos como a politransfusão , apresentarem doenças de base que cursam com presença de anticorpos irregulares , entre outros .

O município de Araripina precisa sair da dependência de outros , com o objetivo de atender aos doadores , aumentando a captação de sangue , reduzindo essa grande perda , porque o ato é voluntário , e quem precisa arcar com as despesas é o estado . Muitos doadores não dispõem de recursos para se deslocarem à Ouricuri , e outros não têm tempo disponível . A cidade precisa de uma Unidade de Coleta e Transfusão ( UCT ) , para atender ao nosso povo e regão . Porém , a UCT precisa atender aos dispositivos da RDC em vigor , que regulamenta os requisitos sanitários para o funcionamento dos serviços de Hemoterapia . Isso vale também para a Agência Transfusional do município , que hoje funciona no Centro de Saúde , que visa realizar transfusões seguras , e prestar atendimento técnico e científico ao serviço . Destacam – se entre eles , a obrigatoriedade de um responsável técnico que precisa ser medico , e ter passado por treinamento pela Hemorrede ( HEMOPE ) , e a disponibilidade de profissional de nível superior , para acompanhar as provas Pré – Transfusionais . É necessário um maior empenho e comprometimento do Estado com o nosso povo !

Dr. Dácio Duarte é Bioquímico

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.