Preço do gás de cozinha sobe pela segunda vez em menos de um mês

Publicado por
10 outubro 2017 19h29

Se repassado ao consumidor final, botijão pode ficar R$ 3,09 mais caro

Por: Portal FolhaPE

Botijão de gás de cozinha

Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Petrobras anunciou, nesta terça (10), mais um reajuste no preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha. O aumento médio será de 12,9% e entra em vigor à zero hora desta quarta (11). Se for integralmente repassado ao consumidor, o reajuste significará alta de 5,1% no botijão, em torno de R$ 3,09, se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

Este é o segundo aumento de preço do gás de cozinha em menos de um mês. O último ocorreu em 26 de setembro de 2017. A alteração atual não se aplica ao GLP destinado a uso industrial/comercial.

Leia também:

Petrobras reduz preço do gás de cozinha em 4,5% a partir de quarta
Gás de cozinha fica 6,7% mais caro
Após seis reduções seguidas, estimativa para inflação tem ligeira alta
Inflação para famílias de menor renda recua em setembro
Alta dos combustíveis puxa inflação oficial em agosto

A estatal explicou ainda que, com a liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, garantida por lei, os reajustes podem ou não refletir no preço final ao consumidor, que dependerá dos repasses de distribuidoras e revendedores.

O percentual foi calculado de acordo com a política de preços divulgada em junho deste ano e reflete, principalmente, a variação das cotações do produto no mercado internacional.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.